quarta-feira, março 15, 2006

Chega de Tampinhas



Lembra de sua época de infância quando corria para juntar as tampinhas de refrigerantes em troca de algum brinde, que em muitas vezes nunca eram aproveitado?

A história mudou e a Coca Cola criou a promoção Coke Ring, que promete movimentar o mundo dos blogueiros com prêmios desejados por muitos.

É uma espécie de concurso que incentiva a atualização e melhorias em seu blog, terá uma longa duração e difíceis etapas a serem cumpridas. Para ganhar pontos e subir cada vez mais, é necessário fazer sua criação "bombar", tanto no conteúdo,audiência e comentários.

A criatividade tem que estar em alta, pois poucos serão capazes de sobriver nesta jornada. Além de tudo isso, serão eliminados aqueles que não atualizarem por mais de sete dias.

Increva-se já, mostre sua capacidade e quem sabe no final você não saia vitorioso.
cocacola.com.br - Coke Ring

[por Fernando Logar]

[por Fabiane Lima às 9:38 PM]

_________________________________


quinta-feira, março 09, 2006

Fazendo sua própria estréia

A tecnologia está ajudando aspirantes a escritores, músicos, artistas e cineastas a sair do anomimato para o estrelato. Quem precisa de agente quando se tem a internet?

O mercado tornou-se tão fragmentado e o gosto do público tão especializado que não é mais possível para gravadoras e editoras atingirem todos os nichos. Mas os artistas individuais podem. Mais e mais, os artisitas estão realizando o que eles podem fazer por conta própria e controlando sua arte também.

Alguns pintores, por exemplo, sermpre foram capazes de fazer seu próprio trabalho, relativamente barato. Outros, como músicos e cineastas, tinham que pagar horas de estúdio, que provavelmente eram caros para que não é bancado por companhias. Agora, sistemas como ProTools permiterm que músicos produzam gravações com qualidade de um estúdio caseiro com facilidade e rapidez e distribuam sua arte por meio de softwares p2p.

No campo literário, a proliferação de novos autores na rede, com diários pessoais e similares é positiva, pois do grande volume de informação publicado, é possível garimpar informações valiosas.

A internet trouxe democratização e revitalizou o real sentido da palavra publicar (tornar-se público). Porém, temos uma infinidade de endereços desconhecidos, lançados no cyber espaço e sem público para ler o que ali está publicado. Assim, os que publicam na internet devem resistir ao tempo e se dedicar a um árduo trabalho de divulgação do seu espaço e esperar, talvez, um público de dez leitores.
Temos ainda o fenômeno das fanfics, as antigas foto novelas que foram lançadas na internet. Já possível encontrar, em uma simples busca do google, uma infinidade de endereços eletrônicos que contam histórias de ficção com os ídolos de adolescentes do mundo todo.

Para quem ainda continua firme e forte com as publicações de papel, já existem várias alternativas para imprimir obras a baixo custo e em pequena escala. Isso é possível utilizando de impressora pessoais a laser ou contando com ajuda de amigos. A Neewsweek publicou um artigo sobre o tema em out/05, onde relata a dedicação de compositores anônimos que usavam da tecnologia ao alcance das mãos, um meio para divulgar seu trabalho ao mundo.

Alguns insistem em dizer que a literatura está morrendo. Fato é que está havendo mudanças, a concorrência aumentou mas o público continua ávido por leitura. E de qualidade.

[por Nana às 12:41 AM]

_________________________________


quinta-feira, março 02, 2006

Hoho, não sei o esquema de posts, mas algo me diz que é a minha vez! (quer dizer, é, não é?)

Bom, não importa. Vou postar porque eu sou uma pessoa rebelde e que não liga para as regras do esquema. Tá, mentira.

__________________

A menina do poço

Quem viu "O Chamado" sabe do que estou falando. E pra quem não viu, basta saber que Samara Morgan, vulgarmente conhecida como "a menina do poço", é a estrela do filme.
Sim, estrela. A bicha aparece três vezes, mata duas dúzias de pessoas e ainda tem tempo para ser a senhora-da-tecnologia!

Samara Morgan é um gênio. Uma menina que, pela história, morreu lá pra decáda de 19eatingamente, hoje tem um escritório informatizado que usa sempre que precisa. Sempre que precisa matar.
A menina tem desde uma linha de telefone, de onde liga para suas futuras vítmas, deixando até recado na secretária eletrônica ("Querida, tem um recado na secrétaria! Que lindo! Vamos ver quem ligou hoje! Ah, que gracinha! Uma garota de uma fita de vídeo ameaçando a gente de morte!") e também um sistema completo e profissional para gravação de vídeos que, na verdade, não tem nada de caseiros. É uma artista completa, essa menina. Chego a pensar que, em breve, essa estrela estrará gravando seus próprios dvd's e distribuindo numa cadeia de "veja e morra em 7 dias".

Bom, não há como não se apaixonar, é verdade. Paixão que dura sete dias, mas, ainda assim, avassaladora (hoho, ser infame é o que há /o/).


Concluindo: Samara Morgan é um astro e "O Chamado" é, definitivamente, um dos piores filmes que já vi. Ah, quanta alegria!

_________________________________


quinta-feira, fevereiro 23, 2006

TUTORIAL: Efeito Aqua

Um efeito muito explorado por suas qualidades estéticas na área do Webdesign é o Aqua. Botões de aparência translúcida, que remetem ao sistema operacional Mac OS X, dando a idéia de modernidade, e sofisticação. Além, é claro, de ser tão bonito que, nas palavras de Steve Jobs, "dá vontade de lamber".

Este tutorial foi desenvolvido para que qualquer pessoa possa fazer este efeito, utilizando o programa Macromedia Fireworks, do qual se pode baixar uma versão trial no site do desenvolvedor. Adaptando-se o tutorial, o mesmo efeito pode ser conseguido com o Adobe Photoshop.


Desenhe a forma que você quer dar um efeito aqua. No nosso caso, estamos fazendo com um círculo. Não importa a cor: disso vamos cuidar depois.



Vá em Propriedades e escolha Gradiente na aba com o ícone de preenchimento. Mais uma vez, não se preocupe com as cores agora. Escolha Prenechimento Linear.



Escolha duas ou mais cores que desejar, para fazer o gradiente de preenchimento da figura. Mude a haste que determina o sentido do gradiente de modo que ela fique na posição vertical.



Duplique a figura, diminua o tamanho de uma delas e posicione por sobre a maior, alinhado à base. Troque as cores do preenchimento por cores mais claras, derivadas da original, mas quase chegando no branco.



Vá novamente na guia Propriedades e troque o modo: de Anti-Alias para Feather. Coloque um valor entre 20 e 30.



Ainda na guia Propriedades, troque a transparência deste círculo no qual está trabalhando para algo em torno de 70%. Isso vai deixar o brilho mais suave.



Com a ferramenta Forma - círculo, desenhe uma elípse. Delete o contorno e vá em Preenchimento, na guia Propriedades. Mude para Gradiente, e faça um gradiente que começe em branco e termine em branco. Pode parecer estranho, mas é isso mesmo. Clique na seta superior no menu contextual do Gradiente, e mude sua opacidade para 0%. Depois, na guia Propriedades, mude a opacidade da elípse inteira para 60%, ou algo muito próximo disso.



Posicione esta elipse em cima do círculo maior, na parte superior da figura. Selecione todo o conjunto e aperte as teclas Ctrl+G, para agrupá-lo. Está quase pronto. Ainda na guia Propriedades, vá em Filtros. Clique no sinal de adição e selecione Sombra e Brilho, e depois Sombra projetada. Ajuste a sombra como você achar melhor...



... e está pronta a figura com "Efeito Aqua"! Se você quiser, pode colocar uma letra, um símbolo ou uma sigla em cima e aplicar uma sombra menor. O efeito é muito bonito!


[por Fabiane Lima às 11:04 AM]

_________________________________


terça-feira, fevereiro 07, 2006

O RETORNO



O Blog Jornal resurgiu das cinzas como uma fênix e está finalmente se recompondo e preparando um retorno estrondoso, com fogos de artifício, cocktails no Copacabana Palace... Brincadeira.

Mas em 2006, o Blog Jornal estará atendendo neste endereço, com as colunas de notícias e artigos, e um material mais variado, mais exclusivo e diferente. Portanto, aguardem.

[por Fabiane Lima às 12:55 PM]

_________________________________


segunda-feira, dezembro 19, 2005

USB's ESQUISITÕES
Via IDG Now!

Um blog sueco divulgou durante a semana passada uma lista dos dez mais estranhos drives USB comercializados pelo mundo, variando de imitações de camarão empanado a bonecas Barbie "com muito conteúdo". Leia a matéria na íntegra.

Dê uma olhada nestes drives, no mínimo, bizarros:







..............................

Esta colunista está, no momento, sem tempo para postar, e pede desculpas por não poder escrever seus próprios artigos agora, e ter que usar o recurso Copy/paste. Mas com os devidos créditos!

[por Fabiane Lima às 9:48 AM]

_________________________________


sábado, dezembro 17, 2005

Google Falso
O vírus P2Load.A tem causado muita confusão ultimamente. Ao ser ativado, esse vírus modifica a página inicial dos computadores onde está instalado e mostra publicidade ou uma cópia falsa do site Google. De acordo com a Panda Software, a página falsa é exatamente igual à original, porém não partence ao Google e ela se encontra em um servidor da Alemanha.
A cópia inclui as 17 versões em diferentes idiomas da página original, inclusive o redirecionamento no caso do usuário se enganar ao teclar o endereço. As buscas na cópia variam ligeiramente, apesar de também apresentarem variação nos links patrocinados. O programa malicioso também incorpora a possibilidade de copiar páginas de uso popular que solicitam dados pessoais ao usuário.

De acordo com o diretor do PandaLabs, a intenção do vírus é "aumentas as visitas às páginas vinculadas pelo criador do código nocivo, ou obter dinheiro de empresas que desejam aparecer nas primeiras posições das páginas falsas. O motivo é puramente econômico". As informações são do IBLNews.

Fonte: Terra (tecnologia)

[por Aline Sabes]

[por Aline Cruz às 3:31 PM]

_________________________________


segunda-feira, dezembro 12, 2005

As 10 melhores trapalhadas com um PC

10. Quase reprovado - um pós-graduando de doutorado perdeu toda sua tese quando uma fonte de energia defeituosa repentinamente queimou seu computador, junto com o Flash Drive USB que continha o documento. Caso os dados não tivessem sido recuperados, o aluno não poderia completar seu dotourado.

9. Sofrendo pela arte - Enquanto estava arrumando seu escritório, uma mulher acidentalmente deixou cair um bloco de 2,5 Kg de argila no seu laptop, exatamente sobre a área que contém o HD. No disco rígido, a mulher tinha um livro no qual trabalhava por 5 anos, com fotos de até 150 anos ainda não impressas.

8. Dilema doméstico - Um marido acidentalmente apagou todas as fotos de criança de seu filho ao apertar um botão errado no seu computador. Sua esposa ameaçou divorciar-se dele caso as imagens não fossem recuperadas.

7. Pior a mordida que o latido - Um consumidor deixou seu cartão de memória caído pelo casa, e seu cão o confundiu com um brinquedo seu. Todos os dados foram recuperados, apesar de todas as marcas de dentes e um buraco que atravessou o cartão.

6. Não tente isso em casa - Um homem que tentou recuperar seus dados sozinho achou a tarefa muito difícil, e desistiu no meio do caminho. Ele enviou seu HD peça por peça, cada uma em um saco diferente.

5. Tempo perdido - Um fabricante de relógios perdeu seu sistema, perdendo todos os designs digitais dos seus aparelhos. Todos os dados foram recuperados a tempo de uma apresentação importante.

4. Perfurando por dados - Durante um procedimento de recuperação de dados de diversos discos, engenheiros de uma empresa descobriram que um dos HDs estava faltando. O cliente achou o drive em um latão de lixo, com um furo no meio, feito de furadeira, um procedimento padrão da empresa para se desfazer de drives antigos.

3. A salvo - Um executivo do time de baseball norte-americano Minnesota Twins perdeu os dados de seu laptop, que continha informações sobre promissores novos jogadores.

2. Problemas de hardware - Um escritor frustrado atacou seu computador com um martelo. Quando os engenheiros receberam o computador, a marca do fabricante do martelo estava claramente visível na tampa da máquina.

1. La Cucaracha - Com a esperança de recuperar dados antigos, funcionários de uma empresa pegaram um velho laptop, que estava em um depósito há 10 anos. Quando os engenheiros abriram o computador, ele continha centenas de cascas de baratas mortas.

[por Fernando Loggar às 2:06 PM]

_________________________________


quinta-feira, dezembro 01, 2005


Nicholas Sparks: autor das multidões
Quem é que resiste a um romance daqueles bem melosos, do tipo que nos faz acreditar em amores à primeira vista, passeios ao luar e caminhadas em bosque? Exatamente assim são os livros de Nicholas Sparks, um fenômeno editoral norte americano que chega a ser comparado a J.K. Rowling, autora de Harry Potter. No entanto, Nicholas Sparks é o tipo de autor de um público seleto e muito exigente: mulheres, na faixa dos 20 ao 40, que sonham com grandes histórias de amor. Histórias que já foram sucessos de vendas editoriais e estão, aos poucos, tornando-se grandes sucessos cinematográficos, graças as adaptações que Hollywood tem feito dos livros de Sparks. Conheça mais sobre o autor por trás de grandes sucessos de bilheteria como Um Amor pra Recordar e O Diário da Nossa Paixão.

Nicholas Sparks é um romancista norte-americano, nascido nos Estados Unidos da América.Nasceu em Omaha, Nebrasca, em 31 de dezembro de 1966. Viveu uma infância nômade acompanhando o pai. Na adolescência, foi premiado com uma bolsa de estudos da Universidade de Notre Dame pelos seus excelentes resultados e, em 1988, licencia-se em Economia. Curiosamente, o seu sonho era tornar-se atleta de alta competição, sonho de que teria de abdicar devido a um grave acidente.Nos primeiros meses contundiu-se e foi obrigado a ficar de repouso durante boa parte do ano. Estava profundamente angustiado e, ao visitar seus pais durante as férias de verão daquele ano, enquanto colocava gelo em sua contusão e reclamava da vida, sua mãe, irritada com a atitude pessimista do filho, exclamou: "Porque não faz alguma coisa"... sei lá...escreva um livro!" Sparks encarou aquilo como um desafio e, oito semanas mais tarde, era o orgulhoso criador de seu primeiro romance, The Passing, jamais publicado.
Continuou seus estudos até que em março de 1988, em um passeio pela Flórida, conheceu uma moça chamada Cathy. Amor á primeira vista. Em julho de 1989 estavam casados e, em 1991, Miles Andrew nasceu. Dois anos mais tarde nasceu seu segundo filho, Ryan Cody.
Em 1989, escreveu seu segundo romance, The Royal Murders, que também não foi publicado. Recusado pelas editoras e pela faculdade de direito, começou a empreender uma série de trabalhos temporários na busca de algo que cativasse sua atenção. Foi corretor de imóveis, garçom, operador de telemarketing e, atualmente, com vários livros publicados em diversos países e milhões de cópias vendidas, é um autor de sucesso. Ele assegura: "Bem melhor do que ser representante de produtos farmacêuticos".
Continuou a escrever enquanto trabalhava como delegado de informação médica e, mais tarde, surge Theresa Park, agente literária, que se propôs representá-lo, vendendo os direitos do seu primeiro romance, «O Diário da Nossa Paixão», à Warner Books.
O sucesso foi imediato e a obra permaneceu durante 56 semanas consecutivas nos tops americanos. Seguiram-se livros como As Palavras que Nunca te Direi (Message in a Bottle) e Um Momento Inesquecível (A Walk to Remember), que foram sucessos editoriais de grandes proporções, tendo sido adaptados para versões cinematográficas pelo próprio autor. Considerado o golden boy da ficção comercial americana, é um autor consagrado internacionalmente pelo público.
No site da Editora Presença, distribuidora dos livros de Parks em Portugal, há comentários emocioandos de leitores fiéis que sentem-se tocados com a obra do autor.
Nicholas Sparks é, sem sombra de dúvida, um dos melhores escritores da atualidade. Com mais de 6 milhões de cópias vendidas entre seus dois primeiros livros, O Caderno de Noah e Uma Carta de Amor, Nicholas Sparks se tornou um dos contadores de histórias mais queridos da atualidade pela sua fé na vida e crença no poder do verdadeiro amor.
Destaca-se dos demais, pela sensibilidade que transmite nas suas histórias que descreve com tanta objetividade e paixão. Ele consegue-nos dar esperança de acreditar no nosso sonho de encontrar alguém. Em cada livro, cada frase, cada palavra ele prende-nos com um amor inigualável, com uma paixão sem limites e com uma sensualidade incrível. Os livros dele fazem chorar, sorrir, acima de tudo ajudam a aprender, a valorizar melhor as pessoas. Esta é a melhor lição dos livros dele, valorizar pessoas, valorizar sentimentos, valorizar a nós mesmos, sobretudo a não desistir de sonhos, do amor, da vida. Ele escreve com classe, com alma e dá um toque de mel a cada palavra que escreve.
Não espere demonstrações de virtuosismo literário. Sparks não é esse tipo de autor. E não faz questão de ser. Ao contrário, no estilo despretensioso com que escreve, ganha a atenção do leitor pela simplicidade. E, mais importante, emociona. Todos os clichês estão lá: a cerca branca, a casa na beira do rio, a moça bonita , o mocinho solitário, a paixão , os passeio , as paisagens, os problemas e, claro, a esperança. Mas ele não carrega nas tintas. Sua prosa não é piegas e as personagens, se bem que um tanto estereotipadas, são verossímeis.
Independente da língua para a qual tenha sido traduzido, Sparks vende livros como pão quente. Independente do país em que tenha sido publicado, os críticos detestam sua obra. Mais um daqueles mistérios do mercado literário. Não é o que os acadêmicos gostam, representa o que os críticos desprezam, mas é o que os leitores e leitoras desejam. Às vezes, é exatamente o que eles precisam.

Bibliografia
O Diário da Nossa Paixão — The Notebook
As Palavras Que Nunca Te Direi — Message in a Bottle
Um Momento Inesquecível — A Walk to Remember
Corações em Silêncio — The Rescue
Uma Viagem Espiritual
Uma Promessa Para Toda a Vida
O Sorriso das Estrelas
Laços Que Perduram
A Alquimia do Amor
Três Semanas Com O Meu Irmão — Three Weeks With My Brother
Quem Ama Acredita — True Believer

[por Ana Paula]

[por Aline Cruz às 1:42 PM]

_________________________________


terça-feira, novembro 29, 2005

MICROSOFT SUCKS!


Mico na Time square Garden. Tsc, tsc, tsc...


Que a Microsoft é a empresa de tecnologia em informática mais influente no mundo, disso ninguém duvida. Agora, insistir que o OS (Sistema operacional) desenvolvido por esta empresa é o melhor do mundo já é demais! Está certo que cada um se adapta ao software que lhe convém e, apesar de o Linux ser praticamente anti-falhas, não é recomendado pra todo tipo de trabalho, como na área de Design Gráfico, por exemplo. E há (pode acreditar!) pessoas que estão "muito bem obrigada" com seu Windows, mas também há aquelas que realizam ataques grotescos às pessoas que têm uma opinião diferente em relação ao sistema que outrem prefere usar.

As últimas versões do Windows vêm sendo desenvolvidas para tentar combater o fato de que o OS mais popular do mundo é o pior. A empresa de Redmond bem que tenta correr contra o tempo - afinal, o Windows Vista é anunciado desde antes do XP - mas cada vez mais parece ser deixada para trás. O código da nova versão (Vista) já foi reescrito do zero mais de uma vez (algumas más línguas dizem que foi bem mais), mas os erros persistem, e especulam que o próximo Windows esteja chegando somente depois de 2007.

Cada um luta com as armas que têm em mãos neste mundo globalizado, mas agir de forma desleal como a empresa de Gates vem agindo já é demais. Roubo de idéias, sabotagem de projetos, trustes, monopólios, compra de empresas menores provocando falências, e tantas acusações sérias - e verídicas - fazem com que cada vez mais este OS perca mercado, também do ponto de vista (de novo o Vista) ideológico. Alguns estão se lixando para estas questões, ou realmente não sabem destes, e preferem continuar com ele.

Apesar de, a passos rastejantes, estar se tornando um sistema mais robusto (hein?!), pelo menos mais robusto que suas versões antigas, o Windows aparece sempre como uma pedra no sapato do usuário:

- Falhas graves de segurança o impedem de ser utilizado em larga escala como servidor, sendo este ramo liderado por Linux/Unix likes, por causa de sua estabilidade - segundo David Pogue, "o Unix é mais sólido que uma rocha".

- Necessidade de um computador MUITO potente para rodá-lo sem (muitos) travamentos.

- Patches e mais patches para consertar rombos na programação original do programa. O Windows XP SP 2 (Service Pack 2) foi um dos maiores band-aids da história da Informática, pois a cada momento a Microsoft liberava uma atualização para tentar consertar o estrago causado por algum erro no código, ou um outro patch anterior com bugs.

- Necessidade de firewall e softwares anti-vírus. No Mac OS X e posteriores nunca se ouviu falar de vírus. No Linux, se existe, a possibilidade de ser infectado e ter algum problema com isso é ínfima.

Apesar destes poucos argumentos serem suficientes, algumas pessoas simplesmente têm de usar o Windows, ou insistem nisso. É o caso dos namoradores de Macs, que quando vêm um no site, têm vontade de assaltar um banco pra comprar um, e não podem usar Linux por que não há alguns programas para ele. Há um meio de rodar esses programas no Linux (WINE, Virtual PC, etc), mas ficam muito lentos, então, enquanto a grana não vem, o jeito é se virar num dual-boot.

Se bem que o tanto que irá se gastar num PC para manter uma versão atualizada do Windows, compensa mais gastar num Mac, que está mil anos-luz à frente do tio Bill...

........................

WALLPAPERS LEGAIS (não precisa ser usuário para usá-lo em seu Desktop, basta ser simpatizante!):

- We suck more!
- Linux Mac
- Tux save the world!

[por Fabiane Lima às 4:57 PM]

_________________________________


EQUIPE
Aline Martinez
Ana Paula
Fabiane Lima
Fernando Logar
Isadora Diaz

LINK




RSS
Leia o Blog Jornal pelo seu agregador de feeds favorito.
Saiba mais aqui.



-- Desde 21 de agosto de 2005 --
<body>